ISO 56002: conheça os benefícios para a sua empresa

imagem de um homem segurando uma lâmpada acesa

A ISO 56002, também conhecida como ISO de inovação, vem entrando no radar de cada vez mais empresas ao redor do mundo. Sua implantação proporciona benefícios importantes para seu crescimento e destaque no mercado, graças à abertura de novas ideias prósperas ao negócio.

 

Criada pela International Organization for Standardization (ISO), sua proposta é incentivar as organizações a saírem de suas zonas de conforto pautadas pelo princípio da inovação.

 

Hoje, muitos negócios já entenderam a importância da inovação para seu sucesso e sobrevivência no mercado. Contudo, muitos ainda andam à passos lentos rumo a esse caminho.

 

Uma pesquisa feita pela PALAS comprova tal teoria. Em seus dados divulgados, 55% das empresas já dispõem de um departamento de inovação, especialmente as de grande porte, mas a maioria não tem uma governança estruturada.

 

A inovação pode vir de diferentes fontes, seja um produto, serviço ou processo. Quando alinhadas ao propósito da empresa, seus objetivos desejados e, desenvolvidos com base em uma governança para inovação, tendem a gerar resultados muito mais positivos.

 

Neste texto, exploraremos a fundo no que consiste a ISO 56002, os pilares que a norteiam, os maiores benefícios que pode trazer à sua empresa e, ainda, como implementá-la de forma eficaz.

 

Confira os tópicos que serão abordados:

 

  • O que é a ISO 56002?
  • Quais os pilares da ISO 56002?
  • Quais os benefícios da ISO 56002?
  • Quantas empresas já adotaram a ISO 56002?
  • Quais os requisitos para obter a ISO 56002?

 

Boa leitura.

 

O que é a ISO 56002?

A ISO 56002 é uma norma de gestão de inovação.

 

Ao contrário das outras desenvolvidas pela ISO que são voltadas aos requisitos a serem seguidos pelas companhias, a ISO de inovação, como também é conhecida, aponta as diretrizes a serem adaptadas pelas empresas de acordo com suas demandas e metas estipuladas.

 

Na prática, cabe às companhias escolherem o melhor caminho com base nas estratégias que fazem sentido ao negócio. Nesse contexto, sua proposta é justamente trazer uma maior flexibilidade, ao contrário de estabelecer regras rigorosas, que poderiam engessar ou burocratizar a inovação, como muitos acreditam.

 

Sua criação se deu após dez anos de estudo sobre as melhores práticas dos países membros que compõem a ISO. Como resultado, um dos pontos de partida foi estabelecer um consenso sobre a definição de inovação, uma vez que seu conceito divergia dentre especialistas do ramo.

 

Para a instituição, a inovação pode ser um produto, serviço, processo, modelo, método ou a combinação de qualquer uma delas. Contudo, deve ser marcada pela geração de valor – caso contrário, as ideias serão consideradas apenas invenções e não inovações.

 

Quais os pilares da ISO 56002?

Segundo a ISO 56002, a inovação pode surgir de qualquer lugar, desde que gere valor para a organização. Neste objetivo, a norma foi desenvolvida com base em oito pilares fundamentais para sua implementação eficaz. São eles:

 

  • Direção estratégica: todo projeto de inovação precisa de um direcionamento estratégico, que deve ser definido pelas próprias empresas com base em seus objetivos e propósito;
  • Abordagem por processos: a transformação da criatividade em nota fiscal é um dos principais objetivos da ISO 56002, meta que pode apenas ser conquistada por meio da definição dos papéis e responsabilidades dos envolvidos, além dos recursos necessários para inovar;
  • Geração de valor: a inovação precisa gerar resultados mensuráveis e tangíveis para a empresa. Um dos exemplos mais comuns é com a redução de despesas e a geração de novas fontes de receitas;
  • Liderança com foco no futuro: a liderança é fundamental para multiplicar e gerar o engajamento dos colaboradores para o processo de inovação;
  • Cultura adaptativa: ter uma cultura adaptativa, focada na empatia, colaboração e experimentação é fundamental para que o processo de implantação desse sistema seja eficaz;
  • Gestão de incertezas: os riscos que todo negócio pode sofrer são encarados com temor por muitas empresas. Mas, para a ISO 56002, devem ser vistos como possíveis oportunidades de crescimento – como por exemplo, utilizados para a elaboração de um plano de ação contencioso para tais ameaças.
  • Resiliência e adaptação: o mercado de trabalho sofre transformações constantemente. Diante de inúmeras mudanças, é papel do líder e dos responsáveis pelo processo de inovação saber lidar com essas situações da melhor forma possível, sendo resilientes e adaptativos.
  • Gestão de insights: para operacionalizar todos os pilares anteriores, a ISO 56002 sugere a utilização de um funil com cinco etapas: identificação da hipótese, criação dos conceitos, validação dos conceitos, desenvolvimento da ideia e implementação da inovação. Esses indicadores devem ser analisados para avaliar se é hora de avançar ou recuar no desenvolvimento de cada iniciativa.

 

Quais os benefícios da ISO 56002?

A principal vantagem da ISO 56002 é, por meio de um conjunto de diretrizes adaptadas às necessidades de cada empresa, proporcionar um direcionamento estratégico com foco na inovação.

 

Sua proposta é auxiliar as companhias a lidarem com as constantes mudanças do mercado de trabalho, dando vida a novas ideias que irão aproveitar o melhor que o ambiente e as pessoas têm a oferecer para uma organização.

 

Com foco na elaboração de um sistema de gestão de inovação, a ISO 56002 permite que as empresas se tornem referência em sua área. Ela ajuda a controlar e administrar os processos internos, coletando os melhores insights do mercado e como utilizá-los a favor de seu crescimento e destaque.

 

A norma é extremamente importante para ajudar na capacidade de lidar com as incertezas do mercado. Mas também, a reduzirem custos e processos cansativos, aumentar a lucratividade, o engajamento dos colaboradores e, no geral, a imagem da companhia e possíveis parcerias com outros negócios.

 

Quantas empresas já adotaram a ISO 56002?

Até o momento, cerca de 200 empresas ao redor do mundo já adotaram a ISO 56002. Dentre elas, a AirBus, do setor aeronáutico, é a maior registrada, com mais de 150 mil funcionários.

 

No Brasil, seis companhias já adotaram a ISO de inovação. A primeira delas foi a MZF4, indústria de transformação do ramo de nylon localizada na capital paulista. Na mesma época, a CSI Locações, empresa de locação de equipamentos de Fortaleza, no Ceará, também conquistou o atestado de conformidade nessa norma.

 

A terceira companhia foi justamente a PALAS, que entende ser fundamental viver dentro de casa o que leva para os seus clientes. Alexandre Pierro, sócio-fundador da empresa, foi um dos únicos brasileiros que participou do processo de formatação da ISO 56002 junto ao comitê internacional ISO/TC 279. O profissional esteve em Genebra, na Suíça, sede da ISO.

 

Entre as brasileiras que adotaram a ISO de inovação estão ainda a gigante de contact center, Atento; uma das maiores multinacionais brasileiras, a Stefanini e; a Messer Gases, empresa alemã de gases industriais. Em 2022, pelo menos outras cinco empresas devem concluir o processo por aqui, sendo uma delas pública.

 

Além disso, mais de 100 empresas estão buscando entender a aplicabilidade e os benefícios do sistema de gestão da inovação da ISO. Isso demonstra que o Brasil está antenado às melhores práticas de gestão da inovação no mundo.

 

Quais requisitos para obter a ISO 56002?

A ISO 56002 pode ser adotada por qualquer empresa, independentemente de seu porte ou segmento. O único requisito é estar disposta a implementar um modelo de governança para inovação.

 

Nesse processo, o ideal é contar com o apoio de uma consultoria especializada, que tenha cases de sucesso para compartilhar e bastante conhecimento para implementar o modelo de governança com foco na geração de valor. Adotar a ISO de inovação apenas para conquistar o certificado não é relevante.

 

A PALAS foi a única consultoria do Brasil a participar do processo de formatação dessa norma junto ao comitê internacional, além de ser a única certificada na ISO 56002 e já ter vários cases de implementação. Essas credenciais são fundamentais para que sua empresa esteja bem orientada ao longo de todo o processo de implementação.

 

Para saber como podemos ajudar sua empresa nessa jornada, entre em contato conosco.

 

Conclusão

A ISO 56002 já é uma grande tendência. Com ótimos resultados tangibilizados por quem implementou essa norma, cada vez mais empresas estão buscando adotar esse modelo internacional de governança de inovação.

 

O processo demanda dedicação da equipe, mas pode ser concluído num prazo de apenas quatro meses. Para que a implementação atinja os objetivos traçados pela companhia, é fundamental recorrer ao auxílio de uma consultoria especializada.

 

Em nosso blog, temos artigos completos sobre esse processo, além de outros conteúdos de inovação para o seu negócio. Não deixe de conferir!

 

Ficou com alguma dúvida? Fale conosco!

    Compartilhe:

    Entre em
    contato conosco

    Iniciar Conversa
    Fale conosco!
    Fale conosco!